11.9.14

#287 - Essa cena não assiste aos meus pais

Tierd of life!
Os meus pais não confiam em mim. Não se trata de não confiarem de me mandar ir às compras, mas com o que eu faço. Estão 24 sobre 7 em cima de mim, querem saber tudo o que faço, com quem saiu, onde e a que horas vou, a que horas estou em casa. Tenho quase 16 anos e sinto que aos olhos deles tenho 12. Se estou em casa, é porque estou aborrecida, se saiu é porque saiu só com rapazes, se mando mensagens, é porque estou a falar com um pedófilo, se não mando, sou anti-social. Estou cansada. Quero sair daqui.

18 comentários:

  1. r: Ahahaha muito obrigada :) Que querida :3
    Obrigada mesmo ^^

    ResponderEliminar
  2. A mim faziam-me o mesmo.. Se estava muito tempo em casa queixavam-se porque não saia. Se saia muito porque não estava em casa.. Se estudava porque não me estava a divertir. Se me estava a divertir porque não estudava.. Enfim.. Vai melhorar. Acredita :)
    R. Operações com funções xD

    ResponderEliminar
  3. É normal eles se preocuparem contigo. Mas ainda hoje, os meus pais fazem isso comigo principalmente a parte das mensagens.

    ResponderEliminar
  4. A minha mãe sempre confiou em mim até a uma altura em que comecei a ter que contar tim tim por tim tim onde é que andava e o que é que fazia, houve um dia que me passei completamente, só faltou estalar a tinta da parede naquele dia, nunca lhe dei motivos para desconfiar de mim, não era agora aos 20 que ela havia de mudar o comportamente dela ainda por cima sem ter feito nada!!
    Tens que ter calma e falar com eles, sei que é dificil de fazer, mas tens mesmo porque se não vai chegar a um dia em que vais explodir e isso não é nada bom!!
    Força querida :) Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  5. Tu tens quase 16 e eu tenho quase 18, e é quase a mesma coisa, querem saber sempre onde fui, com quem, tudo, tudo e agora ainda me deixam sair mais, á um ano mal me deixavam sair, nunca lhes dei razão para desconfiarem de mim mas tanto controlo também cansa, eu não saio muito por causa deles principalmente á noite, sair de vez em quando tudo bem mas vir cedo para casa. Outro dia fui á praia com os meus amigos (entretanto não marcamos mais idas) e fizeram me um interrogatório como se tivesse ido á China não imaginas. Enquanto que noutro dia na Sr. da Agonia não fiquei com eles pk depois não havia boleia para mim e estavam-me sempre a perguntar porque é que não tinha ficado. Não á quem os perceba.... Por isso compreendo-te perfeitamente...

    ResponderEliminar
  6. Possa controlam-te demasiado! Isso é uma coisa má, a mim sempre me deram toda a liberdade e sempre tive cabeça para fazer as minhas escolhas sem me desorientar, acho que se me tivesse sentido controlada é que tinha feito mais asneiras! :o

    ResponderEliminar
  7. Deixei-te uma nomeação no meu blog :)

    http://alwayspeppergirl.blogspot.pt/2014/09/the-very-inspiring-blogger-awards.html

    ResponderEliminar
  8. Os meus pais são basicamente a mesma coisa x)

    ResponderEliminar
  9. Percebo-te querida, mas porque nao tentas falar com eles? Para que a pouco e pouco possam ir soltando a corda... Força!

    ResponderEliminar
  10. r: O que é bom acaba depressa :)

    ResponderEliminar
  11. Isso é horrível. E os 15/16/17 são uma idade péssima nesse aspecto. Crescemos bastante nessa idade e é normal querermos independência, porque a nível de maturidade já a merecemos e nem sempre os pais permitem que o nosso estilo de vida seja tão livre como desejamos. Lembro-me de ter dezasseis anos e de me zangar porque a minha mãe não me deixava sair à noite até tarde sem que eu tivesse boleia de um adulto para casa. Na altura zanguei-me tanto, fiquei triste com ela, eu sabia que tinha maturidade para sair e merecia ter toda a liberdade que achasse necessária. Acredito que se passe o mesmo contigo. Mas com o passar do tempo, ela foi-se habituando ao meu crescimento e aos 19, por exemplo, eu já ia onde queria. Por um lado ensinou-me a planear bem as coisas, principalmente no que toca a saídas à noite.

    O que quero dizer é que sim, é uma merda e que controlo excessivo não faz bem a ninguém, geralmente tem os efeitos opostos. E sei que há pais e pais, a minha mãe só me chateava com as saídas à noite e com uma ou outra particularidade de vez em quando, mas o mais importante é que quero que saibas que eventualmente, isso passa, melhora atenua. Se não for já este ano, no próximo ano ou aos 18. É algo progressivo, não vai ser de um dia para o outro e requer paciência da tua parte e da parte deles, mas não desesperes e vai falando com eles e explicando que estás a crescer e que não és parva nenhuma e eventualmente isso vai entrando na cabeça deles. É uma idade complicada nesse aspecto e não és a única a passar por essa situação desagradável.

    ResponderEliminar
  12. Tenho 17 e o mesmo acontece comigo. Controlo a mais dá cabo de uma pessoa.

    ResponderEliminar
  13. Sei bem o que isso é. Tenho 23 e às vezes ainda acham que sou uma criancinha e se há coisa que eu detesto é ter a sensação de que estou a ser vigiada. Mas bom, já foi bem pior :p

    ResponderEliminar
  14. Os meus também são assim, acho que temos todas o mesmo problema...
    Nomeie-te para um prémio no meu blog, espero que possas responder :)
    http://ao-lado-da-lua.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Eles apenas se preocupam contigo.
    No teu caso,é melhores ter uma conversa com eles para falares sobre isso!
    -----------------------------------------------------------------------------------------------
    Foste nomeada para o "The Very Inspiring Blogger".
    http://na-aura-de-uma-forasteira.blogspot.pt/2014/09/the-very-inspiring-blogger.html------------------

    ResponderEliminar
  16. Acho que todos os bons pais são um bocadinho assim, uns mais outros menos é certo, mas todos o fazem com a intenção de tentar proteger aquilo que têm de melhor neste mundo. Pode parecer piroso mas é assim que penso. Não tenho filhos mas tenho os meus irmãos mais novos e se pudesse protegia-os de tudo e de todos. Claro que é necessário não exagerar e encontrar um ponto de equilíbrio mas vai-lhes mostrando, com calma e sem stress, que podem confiar em ti e que não tens nada a esconder.

    ResponderEliminar
  17. Tenho 20 e metade do que tu disseste eles também me fazem. O conselho que te dou é apenas relaxares.

    ResponderEliminar
  18. Olha... és minha minha irmã ou quê? É que temos os mesmos pais...

    Yiumy

    ResponderEliminar

Comentários ofensivos não serão publicados.
Dá a tua opinião e não te deixes influenciar por os outros (:
Rosemary D.